q-link empresas

Assina-se o contrato de Sociedade a 4 agosto de 2004, entre o Gerente Vitor Silvestre e o Responsável de Desenvolvimento e sócio maioritário, Fernando Soares. A Q-Link inicia o primeiro projeto com uma empresa Escocesa (UK), John McGavigan com quem mantém ligação profissional até hoje, com o intuito de inspecionar apliques (componentes plásticos dos painéis de instrumentos), sempre com uma renovação do material a inspecionar de 4 em 4 anos, e Bezeis (painéis frontais de rádios e comandos de ar condicionados para indústria automóvel), que durou 5 anos. Tal como John McGavigan, a Bo-La, empresa alemã, inicia o trabalho com a Q-Link em meados de 2004, continuando a parceria até hoje, 14 anos depois.

Em 2008 centrou-se mais uma evolução na empresa com a chegada da Wild (Húngria), para inspeção e retrabalho de housings (caixas e tampas metálicas para auto-radios).

Com isto, a empresa foi crescendo, contratando mais funcionários. Organizou toda a equipa de forma a funcionar de maneira saudável e coesa.

Entre 2010 e 2018 fomos responsáveis pela inspeção de qualidade de ponteiros para a Monroe (Estados Unidos) e entre 2016 e 2017 pelos chamados buzers (Grewus) em que testávamos a intensidade do som.

A Q-Link cresceu para mais dois países e abriu empresas em Espanha e Hungria. Foi uma evolução visível, com certificação da empresa nos dois países e com bons resultados, finalizando o trabalho disponível em Cadiz ao fim de 3 anos. Na Hungria continua paralelamente com Q-Link Portugal.

Com tudo isto, a Q-Link presta serviços à empresa Visteon (Brasil, Texas, Tailândia, India e Portugal) assim como à Continental no Brasil e em Espanha (Barcelona).